domingo, 25 de janeiro de 2015

A RESPOSTA CRISTÃ SOBRE A QUEDA DE SATANÁS!


Para que seja possível um perfeito entendimento do assunto a ser debatido é necessário o conhecimento total sobre o significado da palavra QUEDA:
Ação ou efeito de cair; movimento de um corpo que cai ;
desabamento ; ruína; perda de influência ou de poder;
tendência inclinação para alguma coisa.


Se por um acaso alguém perguntar a um cristão : “Onde está escrito na Bíblia, que Satanás seja um anjo caído”, este deverá responder com toda simplicidade:
“Em nenhuma passagem bíblica é feita esta afirmativa”.
 Mas, mesmo sendo proveniente de uma tradição religiosa cristã, não pode e nem deve ser considerada falsa, pois ao se aplicar o MÉTODO DEDUTIVO a este tema, a conclusão obtida é válida, e basicamente será a mesma a qual chegou Agostinho, o primeiro teólogo cristão a explicar e debater em pormenores este assunto. 
Ao final desta análise será apresentado um resumo da posição de Agostinho, e um lembrete sobre a interpretação alegórica dos capítulos 14 de Isaías e 28 de Ezequiel. 

[MÉTODO DEDUTIVO é o processo de raciocínio pelo qual se tira conclusões por inferência lógica de premissas fornecidas. A referência sobre as conclusões de o raciocínio dedutivo ser consideradas VÁLIDAS ao invés de VERDADEIRAS é porque se precisa distinguir claramente entre aquilo que se depreende logicamente de outras informações e aquilo que efetivamente é. As premissas iniciais podem ser “artigos de fé”, ou “suposições”, mas antes de se considerar as conclusões tiradas dessas premissas como “válidas”, necessita demonstrar que elas são coerentes entre si, e com a premissa original.]

As premissas iniciais e verdadeiras a ser examinadas são:

1- A Bíblia afirma que Satanás é um ser espiritual filho de Deus (anjo):                                                                              [Jó 1,6 -12 e Jó 2,1-7!]

Nos dois textos é mencionado que quando os filhos de Deus vieram se apresentar ao SENHOR, Satanás estava entre eles. É importante destacar que apesar de muitos afirmarem categoricamente estar Satanás agindo como "penetra" nestas reuniões, a Bíblia não oferece respaldo para este pensamento. Em 2,1 está escrito: "... o dia em que os filhos de deus vieram apresentar-se ao Senhor, veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor! " Além do mais nos dois textos, o diálogo é iniciado por Deus, de forma amigável  sem mencionar qualquer tipo de reprimenda à presença de Satanás.
Há ainda no AT outro texto onde também a Bíblia não deixa dúvidas sobre a condição de Satanás fazer parte das hostes celestiais, além de demonstrar claramente sua função ( o povo de Israel sempre o considerou assim) de um "anjo acusador". Em Zacarias 3,1 está escrito: "Deus me mostrou o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do Anjo do Senhor, e Satanás estava à mão direita dele, para se lhe opor. 

2- A Bíblia afirma que Satanás era MAU desde o princípio:  [João 8,44]  
  Neste texto o próprio Senhor Jesus afirma;
                                             " Vós tendes por pai o Diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, diz do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira."  

3 - A Bíblia em vários textos afirma que os "anjos" são mensageiros de Deus encarregados de executar suas ordens, seja para construção ou destruição, para anunciar os bons e os maus acontecimentos.
Ex: Em Lucas 2, o "anjo" trouxe aos pastores que estavam no campo a boa notícia do nascimento de Jesus. Em Apocalipse  15.1 João diz ter visto no céu um grande e admirável sinal, que eram os sete "anjos" em cujas mãos estavam as sete últimas pragas, nas quais seria consumada a ira de Deus.
Desta mesma forma é que a Bíblia também mostra Satanás, ou seja, um anjo cumprindo a determinação de Deus. 
Ex: Mateus 4.1 "Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo Diabo. Em João 13.26 a 28 está escrito: "Respondeu Jesus: É aquele a quem eu der o pedaço de pão molhado. Tendo, pois, molhado um bocado de pão, deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes. E, logo após o bocado, entrou nele Satanás. Disse-lhe, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa, e nenhum dos que estavam à mesa percebeu a que propósito lhe disse isto..."!  

CONCLUSÃO: Satanás é um ser espiritual criado por Deus, um anjo que ao mesmo tempo, se opõe, mas, obedece as determinações de Deus, porém agindo prazerosamente de forma maléfica e com malignidade na destruição do homem. Suas insinuações e sugestões são especificamente no sentido de impedir o homem de ir à Deus. 
Por outro lado, a Bíblia mostra nos textos e contextos, em verso e prosa, em ações e palavras, que DEUS É BOM, assim, como é BOA toda sua criação, Esta AFIRMATIVA possibilita concluir, que Satanás, tal como todos os seres criados por Deus era BOM, mas por motivos não sabidos, mas com a devida permissão de Deus, se APOSTATOU de sua primeira condição, e conforme o dito de Jesus: se transformou no PAI DA MENTIRA. Porém, apesar desta malignidade, suas ações são executadas sempre de uma forma que produza algo de bom para os eleitos, ou seja, Deus usa as maldades de Satanás no sentido de que elas venham ser benéficas aos verdadeiros cristãos.
OBS: NO CASO DE SATANÁS, "QUEDA" SIGNIFICA PERDA DE INFLUENCIA OU PODER, OU SEJA, CAIR DE UMA POSIÇÃO ELEVADA PARA UMA POSIÇÃO INFERIOR, E NÃO CAIR DE CERTO LUGAR!

AGOSTINHO: "A CRIAÇÃO E QUEDA DE SATANÁS"!

É extremamente importante que todos entendam que aqui será apresentado um resumo do pensamento de Agostinho, mais precisamente o resumo de sua conclusão sobre a "queda de Satanás", cujas minúcias do assunto estão registradas no livro XI da obra "Comentário ao Gênesis" e que estaremos compartilhando nas próximas publicações deste blog.

Livro XI [Comentários ao Gênesis] capítulo 33, pag 414/15:
    Já falamos muito sobre este assunto e ele exige uma exposição que trate somente desta questão, por agora basta este resumo:
"Ou o diabo , por sua ímpia soberba, desde o início de sua criação, caiu de sua bem-aventurança, a qual haveria de receber, se quisesse, ou havia anjos de ministério inferior neste mundo, entre os quais o diabo vivera gozando de certa bem-aventurança não sabida de antemão por ele, e de cuja companhia caiu como arcanjo com os anjos que lhe estavam submetidos. Se isso não se pode afirmar de modo algum, e admiro-me que possa, se há de se investigar se entre anjos bem-aventurados viveu o diabo por algum tempo; ou por que todos os santos anjos ainda não tinham tido certa presciência de sua bem-aventurança eterna, mas a receberam após a queda do diabo, ou por quais merecimentos o diabo com seus anjos foi separado dos demais anjos antes de seu pecado, de modo que ignoraria sua futura queda, enquanto que os outros estariam certos de sua bem-aventurança. Não duvidemos de forma alguma que os anjos pecadores fora desalojados de sua habitação para o cárcere das trevas aéreas nas proximidades da terra, de acordo com a fé apostólica, onde estão guardados à espera do juízo. Não duvidemos que na suprema bem-aventurança dos santos anjos não é incerta a vida eterna, e que para nós não é incerta pela misericórdia, pela graça, e pela fiel promessa de Deus, quando nos unirmos a eles depois da ressurreição e da transformação destes corpos. Com efeito, vivemos na esperança, e nos recreamos com a graça da promessa. Mas, tudo o que ainda se pode dizer sobre o diabo, ou seja, por que Deus o criou, sabendo o que haveria de ser, e porque o Onipotente não transformou sua vontade para o bem, tal como o faz aos homens que previu serem maus, mas mesmo assim os criou, porque também previu o bem que faria das más obras deles, ou se entenda ou se creia. Ou, se é possível encontrar algo que seja melhor, que se encontre."

UM LEMBRETE SOBRE ISAÍAS 14 E EZEQUIEL 28
                                                                                         "Não existe qualquer base bíblica, hermenêutica ou exegética para que se possa relacionar estes dois textos à uma narrativa sobre a queda de Satanás. Esta exegese feita por Jerônimo, cuja referência principal era a interpretação alegórica feita por  Orígenes, [para Orígenes, assim como o homem se constitui de três partes : -corpo, alma e espírito -, da mesma forma a Escritura, principalmente a do AT possui três sentidos. O corpo é o sentido literal, a alma o sentido moral, e o espírito o sentido alegórico ou místico] onde se buscava sempre um sentido oculto-místico, ainda a ser revelado nas Escrituras. 
Portanto, a crença de que os oráculos de Isaías 14 e de Ezequiel 28 sejam uma narrativa da queda de Satanás, se constitui juntamente com a crença na eficácia das "campanhas" como liberador do favor divino, em uma das mais poderosas heresias do catolicismo romano, e que foram totalmente aceitas nas hostes das igrejas evangélicas."









         



8 comentários:

  1. Olá amigo, otimo texto! Uma pequena observação não é João 14:26 a 28 e sim João 13:26 -28 abraço Deus abençoe

    ResponderExcluir
  2. Assim sendo também em lugar algum das escrituras o grande adversário é chamado de Lúcifer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcifer é o nome em latim dado por Jerônimo. (aquele que tem luz). Em realidade nas Escrituras não existe o nome Lúcifer, pois todos os livros constantes no Cânon bíblico foram escritos até o final do primeiro século, em grego, ou em hebraico, além de alguns textos em aramaico. Tanto é que na Itália não é raro encontrar pessoas com este nome. Por sinal, já existiu até um papa com este nome. Vale salientar que a popularização do nome Lúcifer se deu principalmente através do poema "O Paraíso Perdido", que foi publicado em 1667, escrito por John Milton.
      Um grande abraço.

      Excluir
  3. Assim sendo também em lugar algum das escrituras o grande adversário é chamado de Lúcifer.

    ResponderExcluir
  4. Agora sim, saberei responder que satanás não despencou do céu. Eu creio na maneira que Deus age, e fico fascinada! Só o "determina" que ficou martelando minha cabeça?

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti esse vídeo e gostaria de pedir que você o assista e me dê seu parecer! https://www.youtube.com/watch?v=uvy5aJp7ILM Ariovaldo Ramos sobre o Determinismo.

    ResponderExcluir
  6. 18 Jesus disse-lhes: Vi Satanás cair do céu como um raio.

    ResponderExcluir

Blogger Template by Clairvo