sábado, 26 de novembro de 2011

NO JARDIM DO ÉDEN --- " PRIMEIRA PARTE"

                                      ADÃO DISSE "NÃO"
                                          
Estudando o livro de Gênesis --- algo que deve ser feito periodicamente --- imaginei um novo formato para o texto do capítulo 3, verso 6 :
 " A mulher viu que  a árvore era boa ao apetite e formosa à vista, e que essa árvore era desejável para adquirir discernimento, tomou-lhe do fruto e convidou seu marido a juntos, o comerem. De imediato o Homem se lembrou da advertência feita por YAHWEH e disse à Mulher: OH! Mulher, por um acaso podemos contrariar ao Criador e permanecer tendo em nós sua VIDA?! Por melhor que seja essa árvore; por mais saboroso ou desejável que seja seu fruto, 'eu', o encarregado de cuidar e guardar o jardim do Éden, ao seu convite digo: NÃO; e, declaro: dessa árvore jamais comeremos".
Fechei os olhos, e, pus-me a refletir sobre como seria todas as coisas, caso o texto imaginado fosse verdadeiro. 
O primeiro entendimento foi de que a Bíblia seria apenas um pequeno texto com a narrativa da criação, e este iria de Gênesis 1.1 até 3.6, quem sabe, acrescido de duas inserções:
Gên 3.20 = "e deu o Homem o nome de Eva à sua Mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos; e, Gên 4.1 = "coabitou o Homem com Eva , sua mulher. Essa concebeu e deu à luz a Caim; então disse: Adquiri  um varão com o auxílio do Senhor. Depois, deu à luz a Abel seu irmão. Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi um agricultor.
Prosseguindo na reflexão foi possível deduzir que as cidades, tal como as conhecemos, também não estariam por aqui nos dias de hoje, pois, todas as atitudes tomadas pelo homem seriam e estariam de acordo com as determinações de IAHWEH, e, sobre as cidades, a Bíblia deixa claro que ela é fruto da rebeldia do homem, tanto que a construção do primeiro centro urbano aconteceu devido Caim ter sido banido do solo fértil, e por ter se retirado da presença de IAHWEH. 
Em Gênesis 4.10 a 14 está escrito: " Disse  IAHWEH: que fizeste?! Ouço o sangue de teu irmão, do solo, clamar para mim! Agora, és maldito e expulso do solo fértil que abriu a boca para receber de tua mão o sangue de teu irmão. Ainda que cultives o solo, ele não te dará mais o seu produto; serás um fugitivo e vagabundo sobre a terra. Então disse Caim: Vê! Hoje tu me banes do solo fértil, terei de ocultar-me longe de tua face e serei vagabundo e fugitivo sobre a terra...
E em Gênesis 4.16, 17 está escrito: "Caim se retirou da presença de IAHWEH e foi morar na terra de Nod, a leste do Éden. Caim conheceu sua mulher, que concebeu e deu à luz a Henoc. Caim tornou-se um construtor de cidade e deu à cidade o nome de seu filho Henoc.
Conforme o relato bíblico, conclui-se que a cidade é obra do homem amaldiçoado e banido do solo fértil. Obra do homem errante e vagabundo sobre a terra.  Portanto:
 Se Adão tivesse dito NÃO, não haveria cidades, e, estas não existindo não haveria  poluição, e, sem poluição não haveria devastação do meio ambiente; não haveria as periferias degradantes, nem o ensino das práticas infamantes que buscam o ápice dos prazeres carnais.
Se Adão tivesse dito NÃO, não conheceríamos as doenças, e consequentemente não haveria hospitais, médicos, farmacêuticos, enfermeiros e outros profissionais da saúde. Não haveria discórdias ou contendas, e, portanto não se faria necessário os presídios, os fóruns, policiais, advogados e juízes.
Se Adão tivesse dito NÃO, os shoppings, as churrascarias, as lojas luxuosas, os condomínios suntuosos, enfim, tudo que fosse para aguçar a cobiça, ganancia, soberba, ou qualquer tipo de desejo carnal jamais teriam sido projetados, e, muito menos construídos. Não haveria os bares, restaurantes, postos de gasolina, supermercados, espaços para festas, casas de carnes, lojas de Fast foods e outras do gênero.
Se Adão tivesse dito NÃO, os rios estariam em seus cursos normais, e todos os viventes poderiam apreciar eternamente a beleza das cachoeiras, pois, as hidrelétricas não fariam parte da paisagem terrena. Jamais ouviríamos falar sobre epidemias, jamais veríamos a devastação das enchentes e dos terremotos, ou sentiríamos os efeitos danosos do sol escaldante e do inverno congelante.
Se Adão tivesse dito NÃO, cada família produziria em seu próprio quinhão os alimentos necessários; cada família estaria pastoreando suas ovelhas em um espaço comum. Todas as pessoas e animais andariam livremente por toda a terra, pois essa seria um único e grande continente. 
Disse DEUS "que as águas que estão sob o céu se reúnam em um só lugar, e apareça o continente; e, assim se fez. DEUS chamou ao continente 'TERRA', e a massa das águas 'MARES'. E DEUS viu que isso era bom. (Genesis 1. 9,10).


Fabio S. Faria
Obs: Este post também está publicado em: 'cristao de bereia e o meio ambiente' 


                                  http:// cristaodebereia-cristaodebereia.blogspot.com
               

0 comentários:

Blogger Template by Clairvo