domingo, 30 de outubro de 2011

A FIEL COMPANHIA


De manhã, ao acordar sempre o vejo e desvio o olhar no desejo de ignorá-lo. Por alguns instantes, durante a oração matinal deixo de percebê-lo, mas, ao entrar no banheiro e, me ver pelo espelho constato a imagem dele sobreposta à minha.

No percurso para o trabalho, inicialmente ele fica silencioso, mas, quando menos se espera sua voz suave me faz esquecer muitas coisas ao derredor. Há dias, que com firmeza consigo mantê-lo a distancia, mas, naqueles em que surgem contratempos na caminhada, ele além de não me abandonar, ainda toma a frente, e, se dispõe a resolver todos os embaraços, sem dar importância aos meios, pois, de acordo com sua filosofia, o meu 'bem estar' é a prioridade. 

No ambiente do trabalho tento rechaçá-lo de todas as formas e maneiras, mas, ele sempre consegue fazer que suas ações se entrelacem às minhas, e que os seus pensamentos formem um "todo" com os meus. No final as decisões parecem ser tomadas de comum acordo, mas, a ideia principal, aquela que está no cerne de toda questão, sempre lhe pertence, pois, além de ser mais forte, também é mais rápido  mais preciso, e mais determinado.

Muitos são os dias, e, as vezes que tento me rebelar ao seu comando, mas, com maestria cita argumentos irrefutáveis, me convencendo de que a razão e a justiça precisa sempre estarem ao meu favor. Acontece que em alguns dias, < na maioria deles > seu comando se torna algo tão natural, que chega a passar despercebido fazendo com que sua companhia seja bastante prazerosa. 

Só à noite, ao examinar os feitos do dia, e, colocá-los perante a luz de DEUS é que  posso ver o meu companheiro diário em toda sua plenitude. Quanto mais leio a Bíblia, quanto mais me concentro nas orações, mais sinto o seu odor fétido, e, mais nítido é revelada sua imagem asquerosa. Desespero-me, me envergonho, e concluo: "não há água, sabão, ou qualquer produto de limpeza que possa limpar a sujeira por ele impregnada". 
Nesse momento, ao me sentir no auge da impotência vislumbro o verdadeiro significado da OBRA DA CRUZ, e, esse vislumbre faz com que no meio de toda tristeza, surja a alegria trazida pela certeza da GRAÇA DE DEUS.
     
         Convicto, e consciente de que minhas forças são insuficientes e ineficazes para vencer o comando da 'Fiel Companhia', me fortaleço na lembrança de que: "a Salvação não pertence aos decentes e piedosos, e que Jesus afirma, com efeito, que o Reino de seu Pai, não é uma subdivisão para os justos nem para os que sentem possuir o segredo de estado da salvação. O Reino não é um condomínio fechado elegante com regras esnobes a respeito de quem pode viver ali dentro. Não; ele é para um elenco mais numeroso de pessoas, mais rústico e menos exigente, que compreendem que são pecadores porque já experimentaram o efeito nauseante da luta moral". (1). 
Fortaleço-me na afirmação do "monge Thomas Merton": um santo não é alguém bom, mas alguém que experimenta a bondade de Deus. 
Fortaleço-me nas palavras de Paul Tillich ao comentar Efésios 2.8,9  [Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie] 
<<< "A graça nos atinge quando estamos em grande dor e desassossego. Ela nos atinge quando andamos pelo vale sombrio da falta de significado e de uma vida vazia... Ela nos atinge quando, ano após ano, a perfeição há muito esperada não aparece, quando as velhas compulsões reinam dentro de nós da mesma forma que tem feito há décadas, quando o desespero destrói toda a alegria e coragem. Algumas vezes naquele momento uma onda de luz penetra nossas trevas, e é como se uma voz dissesse: 'você é aceito, aceito pelo maior do que você, o nome do qual você não conhece. Não pergunte pelo nome agora; mais tarde talvez você descubra. Não tente fazer coisa alguma agora; talvez mais tarde você faça bastante. Não busque nada, não realize nada, não planeje nada. Simplesmente aceite o fato de que você é aceito'. Se isto acontece conosco, experimentamos a graça". >>>

Diante de tudo isso, confiante na Palavra de Deus, que foi proclamada pelo profeta Habacuque: EIS O SOBERBO! SUA ALMA NÃO É RETA NELE, MAS O JUSTO VIVERÁ PELA FÉ, me derramo na presença de Deus, e tenho a ousadia de  dizer:
 Senhor perdoa-me pelas iniquidades cometidas hoje. Senhor perdoa-me, pois, mais uma vez cedi à tentação permitindo que o comando fosse da fiel companhia: O PECADO!  
Obs- (1) O evangelho maltrapilho por Brennan Manning, pagina 23.




4 comentários:

A CIDADE E A BÍBLIA



De acordo com a ONU, a previsão é que até 2020 a população urbana global atingirá 4,2 bilhões. Os estudos indicam que até lá mais 136 cidades no mundo chegará a marca de 10 milhões de habitantes. Essa expansão das megalópoles está multiplicando os problemas da sociedade. (1)
Os principais problemas ou desafios que são enfrentados pelas cidades são: VIOLÊNCIA, DEGRADAÇÃO DOS CENTROS, AR POLUÍDO, ENCHENTES, e FALTA DE LUGAR PARA DISPOR O LIXO. 
A maior consequência gerada  por esses problemas é a DEVASTAÇÃO AMBIENTAL. A poluição dos rios, aliado a destruição das matas e das reservas ecológicas afim de produzir alimentos para essa população, é algo avassalador. [deve-se sempre ter em mente, que para alimentar cada habitante da cidade é necessário produzir três vezes mais que o produzido para alimentar o homem do campo. O desejo em parceria com o desperdício, exigem uma produção constante, acarretando o uso de meios artificiais para manter os produtos na mesa da população mesmo fora da época propícia].
Por outro lado, esses centros urbanos, com seus habitantes cada vez mais educados e remunerados, também parecem ser uma fonte de ideias inovadoras para melhorar a vida no planeta. (2)
Para a socióloga holandesa Saskia Sassem, da Universidade de Columbia nos Estados Unidos, esses conglomerados urbanos, pela influência econômica e política global, também aumenta a produtividade humana, permitindo que as pessoas se encontrem para trocar ideias e gerar iniciativas revolucionarias. (3)
Por volta do ano de 1300 Ac., uma INICIATIVA revolucionária, na forma de escrita surgiu na costa oriental do Mar Mediterrâneo. O alfabeto fenício, com 22 letras era flexível o suficiente para escrever qualquer palavra. Ao simplificar a leitura, abriu um novo caminho para disseminação do conhecimento em várias terras.
.. A, B, C, D, E... Sem saber, alunos de hoje que recitam as letras do alfabeto estão repercutindo sons que viajaram milênios, vindos de Biblos, a cidade da antiga Fenícia, hoje Líbano, onde a primeira forma de escrita alfabética foi introduzida. A inscrição alfabética mais antiga é um 'epitáfio' gravado no sarcófago do rei Ahiram, que reinou no século XIII Ac. No século seguinte o uso do alfabeto já parecia estar difundido na região de Biblos. (4)
Os gregos usavam a palavra "Biblos" para designar a cidade e a sua principal mercadoria: O PAPIRO DO EGITO. Mais tarde usaram a palavra "biblía" para designar livros. A palavra portuguesa BÍBLIA se origina de "biblía".
E é exatamente no primeiro livro da Bíblia, <<< Bereshit, que na versão grega do 'antigo testamento' foi chamado de Gênesis (tradução precisa) termo que significa  Começo  >>> um dos primeiros livros escritos fazendo uso da nova e revolucionaria ideia  -- o alfabeto de 22 letras -- é que está registrado a história da fundação da primeira CIDADE. Uma historia que mostra o mesmo conteúdo visto nas cidades atuais: Violência, Degradação e Devastação.
Os leitores mais zelosos ao examinarem o capítulo 4 do livro de Gênesis, irão facilmente concluir que:
1- Caim, reconheceu ser o assassinato de Abel, o motivo pelo qual YAHWEH o condenou a ser banido do "Solo Fértil", e, a viver "errante" sobre a terra. 
2- A principal consequência do 'modus vivendis' de Caim foi a construção e fundação da "primeira cidade" mostrando ser ela "solo improdutível",  assim como um "local de exílio". [ essa mesma explicação é mostrada também em Gênesis 47: 13 a 26, quando José adquire todas as terras do Egito para Faraó, à época dos sete anos de escassez ( o sonho das vacas magras). 
A bíblia diz: Quanto aos homens "ELE OS REDUZIU À SERVIDÃO", de uma extremidade a outra do território egípcio. O texto entre aspas no hebaico, língua na qual o livro de Gênesis foi originalmente escrito é: ELE OS DEPORTOU NAS CIDADES.]
3- CAIM ao construir a primeira cidade tornou-se o "pai dos pastores, dos músicos, dos ferreiros, e das mulheres alegres de vida fácil -NOEMÁ- ", que proveem às "comodidades e aos prazeres da vida urbana". [ esses progressos  são atribuídos à linhagem de Caim o 'amaldiçoado'; e a mesma condenação da vida urbana é encontrada no pós diluvio, por ocasião da construção da Torre de Babel, em Gênesis 11, 1 a 9.]
4- A declaração de Lameque sua esposas Ada e Selá é uma espécie de "canto selvagem" honrando ao mesmo como sendo um "herói do deserto", e também, com a finalidade de exaltar a crescente "violência" da descendência de Caim.
Ao olharmos para os problemas vividos pela população das megalópoles do século XXI será visto uma reprodução da narrativa de Gênesis capítulo 4.
A violência, os prazeres mundanos, a escravidão ao trabalho, a degradação do ser humano, e a desconsideração pela vida humana foi a "semente" plantada por Caim, e se constitui nos frutos que alimentam a população atual. 
Seguindo essa linha de raciocínio, não é muito difícil perceber que apesar de a DEVASTAÇÃO AMBIENTAL acontecer em vários lugares, sua causa primária está localizada na cidade. Como foi no "passado", como é no "presente", e tal   como será no "futuro", a causa inicial de todos os tipos, e, também de todas as formas de devastação  é a "corrupção da natureza humana", que se manifesta em uma "rebeldia" contra IAHWEH < DEUS> destruindo sem discriminação, de modo direto e indireto, tudo que ELE criou, em contraste com a "exaltação" do  "EU", eliminando tudo o que coloca em risco a plenitude do prazer.
(1), (2), (3) = revista ÉPOCA, edição verde de 06-06-11, numero 681.
(4) = A aventura das descobertas e invenções de 1200 aC. a 1000 dC: "da idade do ferro à idade das trevas" - Seleções Reader'sDigest.
obs: este "post", também está publicado no BLOG:  cristaodebereia-cristaodebereia.blogspot.com (cristao de bereia e o meio ambiente).

0 comentários:

Blogger Template by Clairvo